quinta-feira, 24 de março de 2011

Porque para bom entendedor meia palavra basta.

A falar é que a gente se entende..."

E assim devia ser... Mas os dias vão provando que nem sempre um mesmo código de linguagem tem o mesmo significado lógico. Entre reformas linguísticas e formas de estilo que reforçam o complexo, tantas vezes optamos por conhecer as palavras e não lhes fazer caso. Por vezes, a conjugação certa é difícil de encontrar. Porque falar não basta e a surdez é uma patologia em crescente. 

Sem comentários:

Enviar um comentário